Vegascom

S J Rio Preto

(17) 2138-1000

Presidente Prudente

(18) 3223-7070

NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

» PMEs registram US$ 60 mil em perdas após ataques à infraestrutura virtual

42% das companhias acreditam que riscos de segurança no ambiente virtual são menores que no físico - e por isso podem não tomar tanto cuidado quanto deveriam
 

Pequenas e médias empresas gastam, em média, US$ 60 mil em danos após sofrer ataques que atingem a infraestrutura virtual da empresa, contra 26 mil quando o incidente afeta infraestruturas físicas. Isso é o que aponta o estudo Segurança de Infraestrutura Virtual, realizado pela Kaspersky Lab e pela B2B International.
 

Já para grandes empresas, o rombo pode ser ainda maior, representando US$ 800 mil em gastos para recuperação de infraestruturas virtuais - o dobro se comparado a incidentes que só comprometem a infraestrutura física da empresa.
 

A complexidade das medidas de segurança no ambiente virtual, bem como a percepção incorreta do cenário de ameaças, são dois elementos críticos que aumentam o custo de recuperação. O estudo mostra que 42% dos negócios acreditam que os riscos de segurança no ambiente virtual são significantemente menores que no ambiente físico; e 45% das companhias reportam que o gerenciamento de segurança no ambiente virtual é tido como um problema. Além disso, apenas 27% das empresas implantaram soluções de segurança projetadas especificamente para o ambiente virtual.
 

Os ataques que afetam ambientes virtuais geralmente exigem orçamento adicional para contratar especialistas terceirizados. Empresas precisam pedir ajuda não apenas de consultores de TI, mas também de advogados, especialistas em gerenciamento de riscos, entre outros profissionais.
 

“Empresas acreditam que a virtualização do negócio diminuirá seus gastos com TI e simplificará suas infraestruturas. No entanto, os resultados da pesquisa mostrou que é preciso dar a atenção necessária às questões de segurança, pois os gastos podem ultrapassar os benefícios”, afirma Matvey Voytov, gerente de produtos corporativos da Kaspersky Lab.
 

Para o executivo, as empresas devem investir em soluções de segurança customizadas, compatíveis com suas infraestruturas de virtualização e que ofereçam controle e monitoramento centralizado. "A solução deve ter um impacto baixo nos recursos, alta taxa de detecção e habilidade para encontrar atividades suspeitas imediatamente”, acrescenta.
 

O estudo foi realizado com mais de 5,5 mil companhias de 26 países, incluindo Brasil, Colômbia e México.

 

Fonte: IT FORUM 365

SUPORTE TÉCNICO 24H 17 2138.1010 | ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

17 2138-1000

Rua Prof. Álvaro D. de Almeida, 1333
Pq. Industrial - CEP 15030-140

PRESIDENTE PRUDENTE

18 3223-7070

Rua Joaquim Nabuco, 1615
Vila Paraiso - CEP 19013-040

Vegascom 2014 - Todos os Direitos Reservados. Criação de Sites W3Mídia